Quais são os tipos de seguro mais usados no Brasil

Quais são os tipos de seguro mais usados no Brasil. Contratar alguns tipos de seguro ainda é algo bastante negligenciado por boa parte das pessoas que se esquecem que imprevistos podem acontecer ao longo da vida.

Afinal, muita gente ainda não enxerga os imensos benefícios que alguns tipos de seguro pode trazer para você e sua família. 

Tipos de seguro mais usados no Brasil

Conheça quais são os tipos de seguro mais usados no Brasil e tenha toda a segurança e tranquilidade financeira. 

Seguro de Vida

Esse é o tipo de seguro mais conhecido entre as pessoas. Um bom seguro de vida garante aos beneficiários do segurado um amparo financeiro em caso de falecimento ou invalidez permanente do mesmo. Afinal, o amanhã é muito incerto e pode nos pegar desprevenidos. 

No seguro de vida, você ainda pode incluir diversas coberturas adicionais na apólice que darão toda a proteção da sua família, na sua falta, por qualquer motivo.

O valor da indenização de um seguro de vida, dependendo da contratação, pode ser resgatado ainda em vida pelo titular, o que dá mais tranquilidade em caso de imprevistos financeiros. 

Seguro de Automóvel

Esse tipo de seguro é um dos que têm os benefícios mais visíveis, já que veículos estão mais expostos a riscos no dia a dia, principalmente nas grandes cidades.

Por ser considerado um bem da família, os carros sempre devem estar protegidos por um bom seguro contra roubos, furtos, acidentes com terceiros, danos materiais, entre outros. 

Andar por aí com um carro sem seguro é brincar com a sorte. Por isso, um seguro automotivo é praticamente uma obrigação para quem tem carro. Afinal, você pode ter seu automóvel envolvido em algum tipo de sinistro a qualquer momento e se ele não tiver um seguro, é prejuízo na certa. 

Seguro contra Acidentes Pessoais

Esse é outro tipo de seguro que muita gente se esquece e que pode dar mais tranquilidade, principalmente para quem viaja muito.

Além das coberturas por morte ou invalidez na viagem, um seguro contra acidentes pessoais ainda cobre todas as despesas médicas-hospitalares durante um determinado período da sua vida.  

Por exemplo, qualquer acidente pessoal que acontecer com você ou sua família durante a viagem de férias ou a trabalho, esse seguro vai cobrir.

Mesmo que você precise ficar internado durante sua viagem, o seguro vai garantir ainda mais tranquilidade nesse momento mais crítico. 

Seguro Residencial

Os seguros residenciais comuns visam essencialmente o ressarcimento de danos materiais em ambientes de moradia, como casas e apartamentos. Eles abrangem paredes, móveis, utensílios domésticos, aparelhos eletrônicos contra efeitos de raios, incêndios, explosões, roubos etc.

Assim como todo plano de seguros, os residenciais também têm garantias adicionais, por exemplo:

  • proteção financeira contra roubo ou furto qualificado de conteúdo residencial;
  • prejuízos gerados por fenômenos da natureza;
  • panes elétricas e eletrônicas;
  • responsabilidades civis;
  • desmoronamentos.

Quanto maior a exposição a riscos em uma residência, maior deve ser a precaução. Ambientes residenciais costumam abrigar elementos de valor elevado, portanto, protegê-los se mostra uma atitude estratégica e que garante maior conforto financeiro em caso de eventualidades.

Seguro Educacional

No seguro educacional, o responsável financeiro pelo estudante, paga prêmios à seguradora e em caso da ocorrência de algum evento coberto (que depende das coberturas contratadas), como por exemplo, morte ou invalidez do responsável financeiro, o estudante recebe uma indenização para auxiliar o custeio das mensalidades escolares.

O capital segurado deve ser estabelecido para ajudar no pagamento das mensalidades e, opcionalmente ou adicionalmente, de outras despesas escolares. Ainda pode se estabelecer um valor a ser pago ao final do segundo ou terceiro grau como apoio e incentivo à iniciação profissional.

Seguro Funeral

Os planos funerários costumam incluir a cobertura de despesas como taxas municipais, toda a documentação envolvida no processo de sepultamento, transporte do corpo, para os casos em que a morte acontece fora do local onde o segurado reside, caixão ou urna para cremação, organização e espaço para o velório, preparação do corpo, tanatopraxia (técnica para conservação do corpo), enfeites e sepultamento.

Leia Também: