5 dicas para contratar um seguro de vida

5 dicas para contratar um seguro de vida. Não consegue decidir qual seguro contratar e anda meio perdido nesse mundo de seguros? Hoje vamos te passar 5 dicas para contratar um seguro de vida.

O que é um seguro de vida?

Seguro de vida é um contrato no qual a seguradora se compromete a pagar uma quantia, a apólice de seguro (reembolso de seguro de vida), para os beneficiários do segurado, caso essa pessoa faleça por morte natural ou acidental.

Os beneficiários, por sua vez, são escolhidos pela pessoa que faz a contratação do seguro de vida. Há também outros benefícios em casos de:

  • Morte natural;
  • Morte acidental;
  • Internação hospitalar;
  • Assistência funeral;
  • Doenças graves.

Há seguros de vida que são ainda mais completos e contam até com quitação de dívidas e de despesas educacionais.

Dessa forma, o seguro de vida é uma maneira de garantir que as pessoas que dependem de você ficarão amparadas, mesmo que em um momento difícil.

Com o valor da apólice, elas terão como pagar as contas, fazer as compras necessárias para que vivam sem perder o padrão, até que consigam organizar a sua vida.

O que é Sinistro?

No mercado de seguro, sinistro refere-se a qualquer evento em que o bem segurado sofre um acidente ou prejuízo material. Representa a materialização do risco, causadora de perdas financeira para a seguradora.

O processo de avaliação do sinistro inclui: apuração de danos, onde se procura levantar causa, natureza e extensão das avarias, podendo ser feito mediante a vistoria, registros policiais e outros; regularização, onde se analisa se o evento está coberto ou não e definir quem será o beneficiário e qual o valor da indenização.

5 dicas para contratar um seguro de vida

Não consegue decidir qual seguro contratar e anda meio perdido? Hoje vamos te passar 5 dicas para contratar um seguro de vida.

1. Cuidado com as apólices coletivas

Boa parte dos seguros de vida que são oferecidos pelo telefone, especialmente aqueles com preços baixos, são apólices coletivas. Ou seja, o seguro de vida é feito para um grupo enorme de pessoas.

As apólices coletivas permitem às seguradoras cancelar ou negar a renovação do benefício, desde que ela comunique com antecedência. Imagine pagar um seguro de vida por 35 anos e depois de muito dinheiro investido nesta proteção, a seguradora decidir que não te quer mais como cliente.

2. Certifique-se de que todas as suas dúvidas foram esclarecidas

As dúvidas sobre seguro de vida são mais comuns do que se imagina. Esclarecidos os mitos a respeito do seguro e entendendo como ele deve atender as suas necessidades, é hora de terminar de levantar e solucionar suas dúvidas sobre o serviço.

3. Leia toda a apólice

Ainda que seja tedioso, as apólices de seguro podem conter cláusulas conflitantes onde omitem indenizar os clientes em determinadas situações. Ao contratar um seguro de vida sempre deve-se ler com atenção as letras miúdas.

4. Faça uma pesquisa minuciosa de seguradoras

Sobretudo se pertencem ao grupo das companhias de seguros mais procuradas. Então, pergunte ao seu corretor quais são as que ele recomenda.

Essa informação servirá para que você confirme ou descarte as empresas que havia pré-selecionado. Não tome decisões baseando-se unicamente na publicidade.

5. Gasto deve estar dentro do planejamento financeiro

Ao escolher uma apólice, é preciso avaliar o custo do investimento em seguro de vida quando comparados a sua renda familiar, perspectiva de renda futura e capacidade de poupança.

Se o seguro comprometer uma parcela superior a 10% da renda anual, analise sua capacidade de poupança e futuros gastos para que oscilações financeiras futuras não o forcem a cancelar sua apólice.

Leia Também: